17 Benefícios para contratar a venda de um imóvel com IMOBILIÁRIA EXCLUSIVA

EXCLUSIVIDADE: 17 Benefícios para contratar a venda de um  imóvel com IMOBILIÁRIA EXCLUSIVA

 

Qualquer pessoa pode vender um imóvel, colocando uma placa no imóvel, anunciando em jornais, internet, etc.; mas vender um imóvel, de forma segura, que propicie um bom negócio para proprietários e compradores, é coisa para especialista… Assim como cuidar de doenças é para médicos, dentes é para dentista; 

1)  Cumprir a Lei: Para anunciar publicamente a venda de um imóvel o corretor e ou imobiliária deverá ter contratado com exclusividade a venda do imóvel, conforme dispõe a resolução- COFECI nº 458/95, em seu Art. 1º “Somente poderá anunciar publicamente o Corretor de Imóveis, pessoa física ou jurídica que tiver, com exclusividade, contrato escrito de intermediação imobiliária”.

 

2)  Por que não querer a Exclusividade: O corretor/imobiliária que não quer, do proprietário, a exclusividade para venda, não quer o comprometimento, não quer a prestação de contas de suas ações para obter sucesso na venda.

 

3)  Linguagem da venda uniforme: A apresentação do imóvel, com suas características, benefícios, valores de investimentos, bem como as condições de pagamento desejadas pelos proprietários é formulada em uma só linguagem (Uniforme), visando em especial o interesse dos Proprietários.

4)  Prioridade de venda: A exclusividade da venda faz com que o corretor dê prioridade na venda do imóvel contratado. A possibilidade de auferir a remuneração pela venda é muito maior, porque somente esse corretor/imobiliária fará as tratativas de venda deste imóvel. Citando exemplo de outros ramos de atividades: Por que empresas comerciais determinam regiões para seus vendedores atuarem com exclusividade? Certamente é porque a chance de obter empenho de vendedor e os respectivos resultados satisfatórios é bem maior do que aquela que ele não detém exclusividade! 

 

5) Investimentos em Propaganda: Com a exclusividade o Corretor/Imobiliária poderá efetuar os investimentos em propaganda necessários para localizar o comprador, com grande possibilidade de sucesso, e sem correr riscos de ilegalidade.

6)  Divulgação para Outros Corretores/Imobiliárias: O imóvel é divulgado para outros corretores e imobiliárias que participam do pool de vendas da Imobiliária que detém a exclusividade.

7)  Profissionalismo na venda: Com a assinatura do contrato de exclusividade existe a organização da venda do imóvel, de forma profissional. A venda exige conhecimentos técnicos das qualidades, defeitos, aspectos legais do imóvel. A identificação de compradores exige conhecimento, dedicação do corretor/imobiliária.

 

8)   Investimentos financeiros sem custos ao Proprietário: O corretor/imobiliária efetua diversos investimentos financeiros, normalmente invisíveis, dos quais podemos citar: deslocamentos diários ofertando, reuniões de apresentação, demonstração do imóvel, viagens, anúncios, ligações telefônicas, emails, etc. Tudo isso e muito mais sem qualquer custo fixo ao Proprietário. O corretor/imobiliária somente vai auferir remuneração no sucesso da venda.

9)  Não vulgariza o seu imóvel: Qual a impressão que você tem ao passar na frente de um imóvel com diversas placas de venda? Certamente você pensa que o proprietário está desesperado para vender esse imóvel, e está mesmo! Imagina você fazendo isso com o seu imóvel?

10) Economize seu tempo: O proprietário repete várias vezes, as mesmas informações sobre o seu imóvel a vários corretores/imobiliárias, causando desperdício de tempo, tempo esse que deveria ser utilizado na atividade principal do Proprietário.

11) Informações distorcidas do imóvel: Seu imóvel é cadastrado por vários corretores/imobiliárias, provavelmente com informações diferentes, e o que é mais grave, podendo conter observações distorcidas com relação ao valor de venda, dependendo do interesse do corretor/imobiliária que está cadastrando o imóvel. Por ex: O proprietário está com urgência na venda, reduz o valor de venda em até 40%, faça sua proposta? Etc., e tal?

12) Insegurança para Compra: Seu imóvel estando à venda com diversos corretores/imobiliárias, as informações desencontradas fornecidas por eles, deixa os possíveis compradores confusos, inseguros e desconfiados para decidir a compra.

13)        Segurança na visita ao seu imóvel: Com a exclusividade e para sua segurança, os clientes da detentora da exclusividade visitarão seu imóvel somente com hora marcada e sempre acompanhado por um dos corretores, mesmo quando o cliente pertencer ao “pool de vendas da contratada”.

14) Avaliação do imóvel com EXCLUSIVIDADE: Existem normalmente 03 valores para seu imóvel: 1) O valor que vale de acordo com o mercado. Normalmente é o valor que o corretor avalia. 2) O valor que o proprietário imagina que vale (normalmente o proprietário leva em conta, ao estabelecer o valor, o que ele pretende fazer com o dinheiro da venda) 3) O valor “ de mercado” que encontrou proposta de compra. Quando existe a contratação da exclusividade da venda existe o comprometimento com a avaliação do imóvel.

Estudar as flutuações do mercado, comparando os diversos métodos de avaliações valor, é muito IMPORTANTE para estabelecer o valor de venda correto, que reflita a situação do mercado imobiliário, possibilitando a comercialização no prazo adequado ao Proprietário. Fique Atento: Muitas vezes é adotado valores acima do mercado para agradar o Proprietário, mas o Sr. mercado vai restabelecer o valor adequado.

 

15) Pré-Qualificação dos Potenciais Compradores – Se você regularmente abre sua porta da frente de seu imóvel, para qualquer um que passe pela sua rua, e os leva para um passeio dentro de seu imóvel e lhes mostra todos os seus bens de valor, talvez você não ligue para a pré-qualificação rigorosa que seu corretor/imobiliária faz dos compradores que ele leva para ver seu imóvel. É duro perguntar a um estranho quanto ele pode investir para comprar o imóvel, quanto ele ganha, se o crédito dele é bom, quanto ele pode pagar por mês, e uma dúzia de perguntas como estas. A não ser que seu corretor já tenha perguntado tudo, você deve fazer todas as perguntas antes que o comprador cruze a porta. De outro modo você terá que receber uma “procissão de compradores” que tem o sonho de um dia ter um imóvel.
A pré-qualificação é uma coisa relativa, é claro, mas corretor tem muito mais experiência em fazer esse tipo de seleção.

16) Assessoria Jurídica: Lembre-se, a legislação imobiliária é extensa e complexa, necessitando de assessoramento jurídico de especialistas em direito imobiliário. Assegure-se de quais atos precisam ser feitos e pagos por você. Saber qual documentação você deve ter em ordem para poder vender e como as restrições contratuais e de zoneamento locais podem afetar a venda.

 

Texto da DUKMAN Imóveis RS, autoria do corretor Gilberto J. Manfroi.

Todos os corretores e imobiliárias estão autorizados em  sua utilização.